Rode Medeiros Coaching

Como usufruir do processo de coaching?

O processo de Coaching é transformador. Amo trabalhar com cada cliente individualmente e observá-lo pensando e agindo diferente à partir de suas descobertas internas. Amo perceber que o que prende e limita o ser humano é, na maioria das vezes, crenças limitantes, experiências negativas pontuais, falta de estímulos positivos e falta de conversar sobre si mesmo.

No processo de Coaching, que  é uma metodologia colaborativa para o crescimento e desenvolvimento do cliente estimulando processos mentais que possam ajudá-lo a atingir uma meta específica, precisa da participação ativa de 2 pessoas: o Coach (profissional) e o Coachee (cliente).

Todos podem passar pelo processo de coaching e, sem dúvida, vivenciar mudanças positivas. No entanto, percebo que o processo de coaching pode trazer maior resultado quando o coachee (cliente) está preparado para a mudança, entendendo do que se trata, sabendo o que o espera e qual o seu papel no processo. Quando o coachee procura o coaching esperando que a transformação seja de fora pra dentro e não de dentro pra fora, o processo alcançará resultados mais limitados. 

Por esse motivo, seguem algumas dicas para que você seja um coachee excelente e usufrua de resultados excelentes durante e após o processo de coaching:

1) Queira viver um processo de mudança e crescimento

Ir para o processo de coaching com defesas internas, auto justificativas, auto proteção não ajudará em nada. Reconheça que é a oportunidade de aprender mais sobre si mesma e de sair diferente, mais forte internamente, mais confiante, mais assertiva! Todos nós podemos ser melhores como seres humanos. 

2) Tenha um desejo ardente

Saber o que quer atingir é fundamental. Coaching não é psicologia. É um processo para atingir resultados, chegar a um objetivo, ter o que comemorar. Obviamente haverá autoconhecimento mas esse autoconhecimento estará voltado para o atingimento de um objetivo. O autoconhecimento sem um objetivo claro é um buraco sem fundo. 

3) Você é um ser humano, você pode mudar seu comportamento!

 Coaching nao é treinamento para desenvolver habilidades técnicas. Coaching é para desenvolver habilidades comportamentais. E acredite, seus comportamentos podem ser reestruturados. Entender os comportamentos atuais e resignificá-los é fundamental para se atingir resultados esperados. 

4) Programe-se para agir.

O processo, como tudo na vida, precisa de dedicação. Os planos de ação, acordados durante a sessão de coaching, são fundamentais para se testar novos hábitos e comportamentos. Cumpri-los trará a sensação positiva para a mudança. Portanto, se comprometa consigo mesma e com sua coach que irá cumprir o plano de ação estabelecido. 

5) Acompanhe seu desenvolvimento com o seu diário de bordo!

Nosso dia-a-dia é corrido, nossa memória é curta e muitas vezes não percebemos o nosso padrão comportamental. No processo de coaching é fundamental se atentar para os padrões comportamentais e distinguir o que queremos e devemos manter e o que devemos descartar. As anotações em um diário de bordo nos ajudará na percepção desses padrões, colaborando para o autogerenciamento estratégicos dos comportamentos.

6) Confie em seu coach

Nas reuniões (sessões) semanais serão apresentadas ferramentas, conversa coaching, perguntas poderosas e exercícios. Mas o coach que deseja o seu crescimento e desenvolvimento, estará sempre a seu dispor para atender a situações pontuais de desafio, orientação, apoio. Busque pelo apoio de seu coach mesmo fora das sessões, por e-mail, conversas eletrônicas, telefone. Se seu coach não puder atendê-lo instantaneamente, não se ofenda, deixe recado, explique a sua urgência. 

7) Comemore cada resultado

Coachee dedicado sabe que os resultados pequenos e constantes formarão o grande resultado final. Portanto, a persistência e a alegria precisam fazer parte do processo!

Em meus processos de coaching busco o atingimento de 4 pilares fundamentais: 

- que o processo tenha um objetivo claro. Muitas vezes, esse é o desafio, pois o coachee não o tem ainda;

- que o coachee tenha um autoconhecimento positivo. Muitas vezes, ele não se conhece ou não se vê como realmente é;

- que o coachee desenvolva o autogerencimento. Muitas vezes, o coachee tem um excelente objetivo, sabe quem é, mas ainda não tem a estratégia para se autogerenciar;

- que o coachee pratique novos comportamentos que colaborem consigo mesmo. Os comportamentos, frutos de crenças, podem ser mudados com a autoconsciência e persistência.

Se prepare para o processo de coaching e usufrua muito além do que você imagina!

 

 

#coach #coachee #coaching

Siga-me no Instagram

/rode_medeiros